Escrito por Lívia Barros Publicado em 21/06/2022

Caso você esteja trabalhando em qualquer nicho, você tem em mente que é necessário utilizar a internet ao seu favor, certo? E você sabe exatamente como a produção de conteúdo da sua marca tem agido em prol da jornada de compra do seu cliente?

Essa jornada nada mais é do que as etapas que seu público-alvo passa para que se torne efetivamente um cliente da sua marca. Saber das etapas que fazem parte da jornada de compra é fundamental para que você entenda quais ações são necessárias para que você venda mais, utilizando o marketing de maneira certeira no seu e-commerce. 

Por isso, te explicamos neste post quais são as etapas da jornada de compra do seu cliente, para que você consiga identificar e aplicar algumas dicas de conteúdos que podem ser utilizados para que você consiga mais vendas.

O que é a Jornada do Cliente?

Cada ponto de contato com seu negócio conta na hora de gerar uma experiência excepcional para os clientes. A jornada é o caminho que o seu público-alvo percorre até se tornar efetivamente seu cliente, desde o momento em que ele viu alguma foto do seu novo produto, até o momento em que há um relacionamento com a marca, onde o cliente é fiel e recomenda para todos que seu negócio propiciou uma experiência incrível

Essas são etapas que qualquer pessoa que consome passa, mesmo sem saber que está passando por ela. É importante entender e criar uma jornada para que assim, você consiga mapear a etapa em que cada lead está.

As etapas da jornada do cliente

São 4 etapas que os clientes percorrem até adquirirem seu produto: descoberta, reconhecimento do problema, consideração e decisão de compra. A seguir, vamos detalhar como funciona cada etapa e também alguns insights possíveis para serem aplicados no marketing do seu negócio! 

Descoberta

Esse é o primeiro contato com a sua marca. O consumidor não sabe que tem um problema ou uma necessidade e que seu produto ou serviço é quem vai solucionar para ele. 

O objetivo aqui é capturar a atenção. Então, nesta etapa, os conteúdos devem ser mais amplos, que despertem a atenção do público, como posts ou webinars com temas mais introdutórios.

Não se esqueça de definir exatamente o público que você quer atingir, já que é ele quem definirá todo o restante da jornada, fazendo com que você consiga bater suas metas.

Reconhecimento do Problema

Agora, o consumidor se aprofundou mais nesse tema e percebe que existe um problema. Aqui, o seu objetivo é o de gerar necessidade. Revelando que há um problema, mas que ainda não está muito claro como será feita a resolução dele, fazendo com que seu futuro cliente pesquise e estude mais sobre soluções para o problema. 

Aqui, você já sabe qual é o principal problema, então, mesmo que o consumidor ainda não saiba, é nesse momento que seu negócio se destaca trazendo a solução! Os formatos de conteúdo podem ter um nível mais aprofundado e focado no problema ou oportunidade para que o seu futuro cliente identifique.

Consideração 

O consumidor entendeu em definitivo qual é o problema e mapeou algumas soluções possíveis. Nesse momento, para que seu negócio consiga oferecer uma solução que faça com que o consumidor escolha o seu produto ou serviço, mostre que é, de fato, a solução do problema identificado por ele, apresentando outras pessoas que utilizam seu produto, ou os benefícios que ele terá ao escolher a sua solução.

Você pode oferecer brindes para produtos físicos ou ainda relatórios gratuitos ou análises que gerem um alto impacto na maneira em que você oferece seu serviço. 

Decisão de compra

É hora de fazer a compra! Mostre todos os diferenciais para convencê-lo que o seu produto é a melhor opção, a escolha certa. Essa etapa também é importante para a nutrição e maturação desses clientes, fazendo com que você crie um relacionamento, estabelecendo uma base sólida de verdadeiros fãs da sua marca!

É importante dizer que já existem ferramentas específicas para a criação de jornadas, como o RD Station, plataforma completa de marketing que utilizamos aqui na Kife, em que são definidas as personas para que se tenha uma base de leads estratégica e que converta em vendas, ferramenta de e-mail marketing (que comentamos na postagem anterior), automações e relatórios atualizados.

Essa é uma ferramenta que apesar de completa, é recomendada aos especialistas do marketing, já que existem inúmeras funções que podem acabam passando despercebidas e não sendo otimizadas ao seu negócio.

Por isso, caso você queria saber um pouco mais sobre o uso dessa plataforma por nós aqui na Kife, é só conversar com um de nossos consultores e ainda ganhar uma análise gratuita da sua marca, clicando aqui!  

Compartilhe com seus amigos!

É novidade que você quer?
Então, assine nossa newsletter!

cookies

Oi, usamos cookies para melhorar sua experiência. Ao continuar navegando, você aceita sua utilização.