Publicado em 09/04/2020

Você já ouviu falar de Marketing de influência? Provavelmente não com esse nome, mas você deve conhecer os famosos “influencers”, que se popularizaram por meio da produção de conteúdo audiovisual e com a capacidade de influenciar milhares de pessoas. Hoje, vivemos um mundo de incertezas. Com o surgimento das infecções de COVID-19, o mundo precisou paralisar e adotar medidas para contê-las. Os cenários político, social e econômico vivem em um período de cautela e o consumo ficou abalado, os hábitos mudaram de uma maneira muito repentina. Muitas marcas já estão bem consolidadas por conta da produção de conteúdos bem planejados. Mas agora é preciso ter jogo de cintura para se adequar nessa nova realidade e agir de maneira responsável e consciente. E esse é o ponto que vamos explorar na matéria de hoje.

Impactos da COVID-19 no mercado mundial

Os primeiros impactos da doença foram no universo do entretenimento. Muitos eventos foram cancelados para evitar aglomerações por conta do alto contágio do vírus, tais como o SXSW, VidCon e Festival Cannes. Além disso, por conta do avanço da doença, houve cancelamento de voos, fechamento das fronteiras e as bolsas de valores despencaram drasticamente. Isso causou uma desestabilização internacional.

E no Brasil?

O impacto não foi somente no segmento de entretenimento. A crise afetou o desenvolvimento de novos produtos e as vendas, e isso ocasionou uma redução na economia. Muitas empresas ficaram sem insumos e as lojas estão sem abastecimento de produtos. Com a quarentena, muitos estabelecimentos estão com dificuldades de continuar com suas atividades normais, principalmente aqueles que dependem do atendimento ao público. No setor de moda, por exemplo, algumas confecções já adiantaram que as próximas coleções foram afetadas. Com a paralisação mundial e devido a necessidade de importação de tecidos da China, as coleções Verão/2021 foram afetada e, muitas delas, não existirão.

Mudanças de visão e de comportamento

As pessoas estão com receio de consumir além do necessário devido aos possíveis cortes salariais, por isso, o consumo consciente está em alta. Elas esperam que as marcas, além da conscientização, tomem à frente para informar o público sobre seus esforços na luta contra a COVID-19.

Os consumidores também estão atentos às empresas que colocam seus colaboradores em primeiro lugar e que prezam pela saúde de cada um. 71% dos clientes, segundo o IAT Google, afirmam que pretendem aumentar o volume de compras online durante esse período de distanciamento social.

Com essa informação, também conseguimos mostrar que a navegação web aumentou 70% e a exibição na TV, 63%.  O engajamento nas mídias sociais aumentou 61% em relação às taxas de uso normal. Entre os aplicativos mais utilizados, o Whatsapp é o que está em destaque, com aumento de 40% no uso nas últimas semanas. Você pode aproveitar esse momento para utilizá-o ao seu favor, falamos um pouco mais sobre esse aplicativo, confira aqui.

Outro setor que também sofreu impactos foi o de os aplicativos de streaming de vídeos como Netflix e Youtube. Recentemente, anunciaram que teriam que reduzir a qualidade do vídeo entregue por conta da alta quantidade de pessoas assistindo ao mesmo tempo.

Criadores de conteúdo

O posicionamento de marca, nos dias de hoje, precisa ser planejado com cautela, porém atrelado à agilidade, já que estamos em um período de inconstância. Agir de forma comunitária, pensando no bem-estar social é o que irá nos ajudar nos próximos meses.

É nesse ponto que os criadores de conteúdo entram. Eles entendem de colaboração como ninguém, já que estão acostumados a criar em territórios desconhecidos e incertos, e precisam criar suas próprias oportunidades. Muitas marcas que tinham campanhas com influenciadores fizeram reajuste das suas estratégias.

Segundo o YouPix, as empresas que já tinham o hábito de trabalhar com marketing de influência, não vão cortar a verba nem realocá-la (78,5%). Apenas que vão mudar a estratégia de sua comunicação neste momento. Em contrapartida, 21,5% das marcas vão realocar sua verba em Social Ads, Google Ads e Remarketing.

Além disso, as marcas querem aproveitar esse momento para estreitar laços com os criadores e consumidores. Por isso, este é o momento para confiar em quem pode representar sua marca nas mídias sociais, apostar em awareness e ajudar a comunidade.

Então, como agir neste momento?

Com o cenário mais cauteloso, agora é o momento para encontrar um caminho coerente,  visão e três pilares para ação: conscientização, consumo consciente e comunidade.

Adapte-se!

O primeiro passo é se ajustar. Muitas marcas já possuem relevância, mas precisaram se adaptar para a nova realidade externa do momento. Um exemplo prático foi o Mercado Livre, que trocou temporariamente seu logo para incentivar as recomendações de distanciamento social.

Crie conteúdos relevantes para o momento

Criar conteúdos e fortalecer uma boa comunicação com o consumidor é primordial nesse momento. E se você for contar com a ajuda de influenciadores, escolha aquele que tenha mais fit e um propósito parecido com o da sua empresa. Isso ajudará a ganhar forças dentro no marketing de influência.

Apoie o consumo consciente

Agora não é o momento de você enaltecer as mil e uma qualidades do seu produto ou serviço Lembre-se: as pessoas prezam pelo consumo consciente, então, o melhor a se fazer neste momento é se colocar em uma posição de solidariedade ao próximo, que você está ali para ajudar.

Escolha pessoas que ajudem a espalhar sua mensagem

Neste momento de conscientização, os criadores de conteúdo podem ser de extrema importância para levar  à comunidade a ter ciência da pandemia, nas tomadas de decisão e como sua empresa está se posicionando.

Gere confiança

Já falamos muito de comunidade, mas é importante ressaltar que, seja você marca ou produtor de conteúdo, é hora de estar próximo de seus clientes. É hora de gerar confiança e criar uma reputação forte para sofrer menos impacto neste momento. Portanto, fortalecer laços é o ponto-chave. Com o surto de COVID-19, nós aprendemos a trabalhar em um novo ritmo.

Vamos juntos?

Agora, é hora de reunir forças com pessoas que podem ajudar sua empresa a se posicionar de uma maneira expressiva dentro desse novo mercado do marketing de influência. Ele já é bastante variável, mas com essas razões externas, sofrerá ainda mais mudanças.  Mas, se você tiver alguma dúvida, conte conosco para te ajudar. Estamos aqui à disposição para que, juntos, enfrentarmos esse momento.

Compartilhe com seus amigos!

É novidade que você quer?
Então, assine nossa newsletter!

cookies

Oi, usamos cookies para melhorar sua experiência. Ao continuar navegando, você aceita sua utilização.