Escrito por Priscila Guerra Publicado em 29/05/2020

As lives criam um momento emocional para as pessoas. Saiba porquê é uma estratégia valiosa.

Nós temos certeza que, ao entrar no Instagram, Youtube, Facebook ou Twitter, você já se deparou com alguma live. Essa prática se tornou algo tão comum e rotineiro que até pessoas de segmentos bem específicos (dentistas, por exemplo) aderiram essa moda. Mas não é pra menos, as lives são consideradas, hoje, uma das melhores formas de conectar pessoas.

Segundo o VIU HUB, entre janeiro e abril deste ano, houve um crescimento de lives nas mídias sociais. Aumentaram 15,6% dos uploads no Youtube e 19,3% no Facebook. Já no Instagram a palavra “live” explodiu em 277% somente em março.

Nós precisamos estar on

A pandemia trouxe um aumento significativo na criação e consumo de conteúdo das lives aqui no Brasil. Por conta do isolamento, buscamos a conexão com pessoas em tempo real, para consumirmos um conteúdo de qualidade e participarmos de maneira ativa nos chats.

Ao mesmo tempo, as Lives têm possibilitado um ponto de encontro às pessoas, onde celebramos, conversamos e assistimos artistas e  influenciadores que seguimos.  Foi um movimento natural, em que muitas plataformas precisavam aperfeiçoar essa ferramenta e viram na crise, uma oportunidade de tentar.

Afinal, esse novo formato mostra que o diálogo é essencial para manter a audiência, já que é pura criação de conteúdo. Isso se popularizou rapidamente e mostra que todo mundo pode fazer o que antes apenas alguns faziam. As lives aumentaram nossas vozes, nosso lugar de fala e a propriedade no assunto, fato que, em consequência, aumentou o público interessado.

Como fazer boas lives?

Antes de mais nada, se você quer ingressar no mundo das lives, listamos algumas dicas legais para você seguir:

  • Analise dados: descubra qual o tipo de conteúdo que sua audiência valoriza
  • Defina objetivos e métricas: defina quais os objetivos de comunicação e de negócios que você quer ter.
  • Warm up: de antemão, lembre-se de divulgar sua live com antecedência, em diferentes plataformas.
  • Countdown: faça uma estreia e inicie sua live quando seu público já estiver online.
  • Interaja: encoraje seu público a participar da live e pense em recompensas.
  • Parcerias: faça parcerias com empresas ou influenciadores da sua área.
  • Pós-live: produza pílulas de conteúdo dos melhores momentos.

Mão na massa

Portanto, as lives tem enorme diversidade e capacidade de atingir todo o país. Dessa forma, esse vai ser o caminho mais natural a se seguir daqui pra frente. As lives que terão destaque serão aquelas que conversarem melhor com o público e agregarem valor às pessoas no momento pós-pandemia.

Por isso, se você quer saber mais sobre estratégias de marketing digital que podem alavancar sua empresa, entre em contato conosco. Nossos especialistas estão prontos para te ajudar!

Compartilhe com seus amigos!

É novidade que você quer?
Então, assine nossa newsletter!

cookies

Oi, usamos cookies para melhorar sua experiência. Ao continuar navegando, você aceita sua utilização.