Publicado em 24/04/2020

Diante do isolamento social, as pessoas passaram a buscar alternativas de entretenimento, lazer e aperfeiçoamento dentro de suas próprias casas.

Empresas que antes só cogitavam o acesso remoto, tiveram que se adaptar para esse nova realidade que vivemos. Uma das alternativas foi utilizar o Youtube como uma estratégia de distribuição de conteúdo.

Na plataforma já estão disponíveis os mais diversos assuntos produzidos por Youtubers, com conselhos realmente úteis que podem ajudar as pessoas em isolamento social. 

O que as pessoas estão buscando?

Estudos virtuais

Com a maior parte das escolas fechadas, os estudantes recorreram ao aprendizado online. As aulas virtuais já eram uma realidade, mas se tornaram ainda mais fortes e evidentes com essa nova condição. Uma tendência dentro desse assunto é a procura por vídeos com a temática “estude comigo”.

Esses vídeos ganharam força originalmente em 2019, mas agora têm sido grandes aliados para promover a motivação e o companheirismo na hora de estudar.

Refeições

Houve uma crescente busca em relação às refeições rápidas, já que muitos youtubers dão dicas de como esse tipo de comida pode ser saborosa. A média de pessoas que estão assistindo esses tipos de vídeo é de 45% maior do que o ano passado.  A busca por vídeos de refeições rápidas e práticas são ainda mais populares. 

Exercite-se!

Com certeza, você deve ter reparado que muitas pessoas compartilham sua rotina de exercícios em casa. Não é pra menos: a procura por “treino em casa” aumentou mais de 55% no mês de março. 

No Youtube, há cerca de 8 mil canais relacionados à comunidade fitness, com conteúdos bem abrangentes: aulas de aeróbica, dança, treino intenso, alongamento, etc. Isso mostra que, mesmo com o isolamento social, o pessoal está em busca de manter um hábito e uma rotina saudável.

Xô, estresse!

Com toda essa situação de incerteza que nos ronda, houve um aumento de preocupações e da ansiedade. Essa nova realidade trouxe um impacto muito grande à qualidade de vida.

Por isso, as pessoas começaram a buscar ainda mais sobre como lidar com a saúde mental – dados apontam um aumento de 35% nas pesquisas relacionadas.

Mas também há buscas sobre construir aquários para peixes Betta, vídeos de ASMR (Autonomous-Sensory Meridian Response, em tradução livre “resposta sensorial autônoma do meridiano”).

Home Office

Não podemos deixar de citar sobre esse tópico. Uma parcela da população precisou adaptar seus modos de trabalho dentro de casa. Acessos remotos e videoconferências fizeram com que as pessoas começassem a procurar dicas para serem mais produtivas.

Além disso, aumento as pesquisas de conteúdos para auxiliar os times remotamente e até mesmo como resolver problemas com a conexão de internet.

Já que estamos falando do aumento de consumo online…

Um estudo realizado pelo VPNoverview.com, mostrou que a busca por VPNs (redes privadas virtuais) cresceu significativamente neste período também.

O analista de segurança David Janssen considera essa uma tendência interessante. Ele ressalta que “mesmo em meio a preocupações globais com a saúde, há claramente muitos brasileiros que valorizam e protegem ativamente sua privacidade online. Simultaneamente, as pessoas procuram lucrar com as capacidades de desbloqueio dos serviços VPN”.

Com uma VPN, os usuários conseguem criptografar o tráfego da Internet, assim, os dados enviados  e recebidos pelos internautas se tornam muito mais difíceis de interceptar. Além disso, elas ajudam os usuários a se tornarem anônimos online, pois ocultam seu endereço de IP real, o que melhora a sua privacidade.

Além disso, as VPNs também são usadas para “desbloquear” mídias sociais e catálogos de outros países em plataformas de streaming. Por exemplo, com uma VPN, é possível acessar as bibliotecas da Netflix de outros países.  Nos EUA , a empresa também registrou um aumento significativo de acessos.

Se adaptar para continuar

É possível perceber que o Covid-19 mudou a maneira e a intensidade com que as pessoas usam a internet. Agora será preciso, cada vez mais, se adaptar para atender e entender que esse novo modo de consumo veio para ficar. Quer saber como adaptar seus conteúdos e serviços para esta nova tendência de consumo digital? Entre em contato com nossos especialistas e descubra qual a melhor estratégia para o seu negócio.

Compartilhe com seus amigos!

É novidade que você quer?
Então, assine nossa newsletter!

cookies

Oi, usamos cookies para melhorar sua experiência. Ao continuar navegando, você aceita sua utilização.