Escrito por Thiago Janegits Publicado em 27/11/2020

A Black Friday está no ar, agora é hora de garantir que suas campanhas de Google Ads estejam totalmente preparadas não só para o que promete ser a maior data para os varejistas on-line, mas também para o Natal.

Neste momento, tudo é levado em conta: o melhor custo e benefício, o tempo de entrega, as melhores características do produto e claro, um bom marketing! Já é sabido que a Black Friday e o Natal tradicionalmente causam um aumento nas compras online, porém este ano o Google está prevendo níveis de tráfego sem precedentes.  

Com a pandemia da Covid-19, as empresas tiveram que mudar suas estratégias e incluir no planejamento o reflexo do isolamento social, que levou muitas a aderirem às compras on-line. Levando a uma expectativa de alta de 27% nas vendas do e-commerce em comparação com o ano passado.

Com isso em mente, reunimos as melhores dicas a fim de garantir que suas campanhas de Google Ads, alcancem a melhor performance não só durante a Black Friday como também para o Natal. Confira.

1# PREVISÃO DE ORÇAMENTO

Você pode calcular aproximadamente o seu orçamento de teste multiplicando o número de palavras-chave que deseja testar pelo CPC (custo por clique) de um mínimo de 100 cliques. Como regra geral, você deseja obter entre 100 e 200 cliques em uma palavra-chave para determinar se ela converte ou não para o seu negócio.

Se você está começando sua empresa e nunca usou o Google Ads antes, opte por um orçamento baixo, mas que ainda permita que você seja competitivo. Se você já teve alguma experiência com o Adwords, considere um orçamento maior.

À medida que aumenta o orçamento, você obtém os cliques desejados e, com isso, terá mais dados para observar. 

Se seus custos e orçamentos de CPC forem baseados em palavras-chave de topo de funil, você pode estar criando alguma confusão. As palavras de topo de funil são mais baratas porque não mostram intenção de compra. Conforme você percorre o funil e se aproxima da intenção de compra, isso muda. Palavras-chave são mais caras quando existe uma alta demanda e concorrência por elas, ou quando se tem um ROI (retorno sobre investimento) mais alto associado.

Se você deseja ser o anunciante dominante em seu segmento, não pode se concentrar apenas no gerenciamento de custos, deve concentrar sua energia em maximizar o ROI da sua campanha de Black Friday.

2# SITELINKS E REDE DE PESQUISA

Pode parecer um ponto óbvio, mas geralmente se percebe que os anunciantes não utilizam todas as ferramentas disponíveis para eles quando se trata de seus anúncios de Google Ads. 

Com uma quantidade limitada de caracteres disponíveis nos próprios anúncios, é difícil transmitir todas as coisas incríveis que sua marca tem a oferecer, ao mesmo tempo que tenta vincular algumas mensagens de vendas. É aí que maximizar as áreas em torno dos anúncios se torna essencial.

Os sitelinks já devem ser um pilar em suas campanhas de Google Ads, mas durante o período de promoções de final de ano, muitas vezes as oportunidades são perdidas. Em um sentido amplo, os Sitelinks oferecem a capacidade de apresentar aos usuários seções relevantes do site para o anúncio principal que você está exibindo.

Durante o período de Black Friday e o Natal, essas extensões podem ser usadas um pouco mais taticamente, empurrando ofertas para produtos ou serviços de alta demanda semelhantes à pesquisa original do usuário.

Talvez a extensão mais importante durante este período possa ser a de “promoção”, que efetivamente faz o que diz na lata. Essas extensões dão aos anunciantes a oportunidade de fazer referência à ocasião e promover vendas sem ocupar caracteres no título ou na descrição dos próprios anúncios.

3# SEJA DETECTÁVEL EM MAIS DE UMA MÍDIA

O caminho do usuário médio até efetuar uma compra tem se tornado mais complexo e demorado a cada ano que passa. Segundo a própria Google, os usuários têm usado três ou mais canais para fazer suas compras de Black Friday e Natal, então estar presente e se destacar nesses canais em diferentes estágios será mais importante do que nunca, e seus esforços de marketing precisam refletir isso.

Embora as campanhas de pesquisa, sem dúvida continuem a desempenhar um papel importante, este ano contar apenas com elas pode não ser suficiente.

3.1#  GOOGLE SHOPPING

Assim como acontece com os anúncios de Google Ads, o Google Shopping tem seu próprio recurso de promoções que permite adicionar descontos, brindes e entrega de informações promocionais aos seus anúncios e lista de produtos.

Se o Shopping for algo que você deseja adicionar ao seu plano de Google Ads, certifique-se de colocar a campanha em execução bem antes do “pico” da Black Friday e Natal. Isso dará a você e aos sistemas de aprendizado de máquina do Google muito tempo não apenas para resolver os problemas, mas também para aprender e otimizar seus anúncios.

3.2# ANÚNCIOS NO YOUTUBE

Se você nunca experimentou os anúncios do YouTube antes, por que não começa agora? Na verdade, o Google relatou que 79% dos consumidores usam o buscador e o YouTube antes de fazer alguma compra online. Com a fantástica variedade de opções de segmentação disponíveis, você pode se concentrar em aumentar a conscientização para o público certo para o produto ou serviço certo. 

Você pode mostrar taticamente anúncios baseados em imagens para usuários com base em seus interesses, dados demográficos e muito mais, tudo isso enquanto estiverem acessando seus vídeos favoritos.

4# REMARKETING

O Remarketing é uma poderosa ferramenta do Google Ads que ajuda a segmentar usuários que já mostraram interesse no seu site, blog, página do Facebook e outras propriedades online. Identificando os usuários através de um Pixel, com esta marcação o Google é capaz de exibir seus anúncios com mais frequência enquanto os usuários visitam outros sites que aceitem anúncios de rede de display do Google.

O truque é não parecer invasivo, ao invés disso você deve se manter discreto. Afinal você quer que as pessoas vejam um anúncio que é perfeito para elas no momento certo, por isso o remarketing é tão poderoso.

Quando falamos de grandes datas como a Black Friday e o Natal, os anúncios de remarketing por meio da rede de display do Google Ads podem ser usados ​​para anunciar as ofertas que serão publicadas no dia das promoções. Você pode configurar uma série de anúncios de um dia que fornecem uma contagem regressiva, anunciando uma oferta diferente a cada dia para ajudar a gerar resultados.

O remarketing é especialmente útil para alcançar seus objetivos de e-commerce, lembrando às pessoas o que você vende e atraindo-as de volta à sua loja com anúncios sobre suas ofertas. Os anúncios gráficos de remarketing também são uma ótima maneira de lembrar às pessoas no dia que as suas ofertas são por tempo limitado.

Por fim…

Já vimos aqui no blog como preparar o seu site para vendas e tráfego recorde na Black Friday, e o Google Ads é uma ótima ferramenta para informar as pessoas sobre os seus anúncios e promoções nesta temporada de ofertas de final de ano.

O atual hábito dos usuários pesquisarem os produtos online antes de visitar uma loja, faz com que as marcas invistam pesado no marketing digital, já que é fundamental manter os negócios conectados.

A Black Friday oferece uma grande oportunidade para os anunciantes do Google Ads planejarem suas campanhas, aproveitando o gancho para estenderem até o Natal. 

Utilize de toda a gama de ferramentas projetadas e oferecidas pela plataforma do Google Ads para aproveitar ao máximo o seu marketing digital no lead-up. Afinal, ter sucesso em datas importantes como essa pode ser a peça-chave para uma empresa fechar o ano positivamente.

Compartilhe com seus amigos!

É novidade que você quer?
Então, assine nossa newsletter!

cookies

Oi, usamos cookies para melhorar sua experiência. Ao continuar navegando, você aceita sua utilização.