Publicado em 17/08/2018

O algoritmo do Google é uma das ferramentas essenciais para o marketing digital. Assim, quando ele recebe uma atualização, é extremamente importante entender suas mudanças.

Foi anunciado pela empresa através de uma de suas contas de Twitter, no dia 1º de agosto de 2018, que uma grande atualização no seu mecanismo de pesquisa foi feita. A mudança tem impacto direto, tanto positivamente quanto negativamente, nos sites de pesquisa YMYL – “Your Money or Your Life”, traduzido como “Seu Dinheiro ou Sua Vida”.

Entenda o que é “YMYL”

YMYL são sites cujas categorias podem afetar diretamente questões de nossas vidas, como conteúdos médicos, de nutrição e transações financeiras. De acordo com a Seção 2.3 do Google Search Quality Guidelines, tais sites entram na categoria:

  • Compras ou transações financeiras, como pagamentos de e-commerce e bancos online;
  • Páginas que oferecem informações financeiras, exemplos: páginas de investimento, impostos e seguros;
  • Páginas que oferecem informações médicas, como conteúdos envolvendo doenças específicas e saúde mental;
  • Informações legais, como conselhos jurídicos e divórcio;
  • Páginas públicas ou que contém informações oficiais importantes para a cidadania. Este é o tópico mais geral e envolve programas sociais, pronunciamentos sobre desastres ambientais, eventos internacionais.

Por último, o Google deixa o pedido para os sites: “por favor, use o bom senso”.

O que muda no algoritmo

A atualização do algoritmo de pesquisas do Google afeta os sites que entram na categoria “YMYL” e suas posições nos rankings, com seu tráfego de clicks variando bastante após a mudança.
De acordo com dados do Sistrix, alguns importantes sites médicos dos Estados Unidos sofreram grande perca no tráfeco no Google. Entretanto, a mudança também trouxe vantagens no ranking de pesquisas para algumas páginas, como a revista americana “Science Daily”.

Como evitar que seu site seja afetado

Para que seu site não seja afetado negativamente pela nova mudança no mecanismo de pesquisas, algumas dicas são essenciais:

  • Faça com que as informações de seu conteúdo priorize a qualidade e evite distrair o usuário de seu objetivo principal;
  • Na aba “Sobre nós” de seu site, deixe bem claro os responsáveis por seu conteúdo e facilite o contato com a equipe por trás das páginas;
  • Procure formas de validar a reputação de seu site externamente, o que envolve, por exemplo, avaliações positivas no Google e em redes sociais;
  • Procure autores reconhecidos para assinar o conteúdo de suas páginas, como profissionais com relevância na área.

Agora você entende o que mudou e como lidar com essa atualização do algoritmo de pesquisas do Google. Acompanhe o nosso blog para mais conteúdos sobre marketing digital.

Compartilhe com seus amigos!

É novidade que você quer?
Então, assine nossa newsletter!

cookies

Oi, usamos cookies para melhorar sua experiência. Ao continuar navegando, você aceita sua utilização.